HORÁRIO DE ATENDIMENTO SEG À SEX:
DAS 8:30H ÀS 12H E 14h ÀS 18:30H
Dr. André Frare - Osteopatia Cascavel

BRUXISMO E OSTEOPATIA - Blog

Post na categoria Saiba mais
Especialidade da fisioterapia, a osteopatia é uma avaliação e tratamento para as mais diversas doenças em todas as partes do corpo. Criada por Andrew Taylor Still, em 1874, pouco foi alterada em sua proposta inicial, cujo objetivo é restabelecer e reequilibrar as estruturas do corpo humano. A técnica auxilia em diversas enfermidades e dores, como o aperto dentário.

As técnicas são personalizadas de acordo com o diagnóstico, o tipo físico e estilo de vida do paciente. Inclusive, a osteopatia vem se mostrando muito eficaz para problemas no aperto dentário e livrando muitas pessoas do sofrimento nos consultórios odontológicos.
Como acontece o aperto dentário

Quando as dores de cabeça são constantes e sem motivo aparente, ao abrir e fechar a boca se ouve um estalo e surgem zumbidos nos ouvidos, é muito provável que sejam sintomas de disfunção da articulação temporomandibular.

Ela surge como um funcionamento anormal desta articulação, afetando diretamente os ossos, ligamentos, músculos, dentes e nervos, unicamente ou em conjunto. Enquanto muita gente acredita que dentes e cérebro não têm ligação, na verdade toda a região da face possui conexão com uma das quatro áreas musculares da mastigação.

A principal causa dessa severa anormalidade se chama aperto dentário ou bruxismo. O bruxismo se caracteriza por um ato involuntário de ranger dos dentes durante o sono e costuma ser identificado apenas pelo odontologista, quando o paciente chega com um quadro de dor de cabeça constante, dentes soltos, quebradiços e desgastados.

Outra doença muito comum para quem tem bruxismo e que só aumenta os problemas de aperto dentário é o briquismo. Além do ranger de dentes, o paciente também os aperta uns nos outros, aumentando a fragilidade da região. O problema não acontece somente ao dormir – também no dia a dia, provocado pelo constante estresse emocional e físico.

Como a osteopatia ajuda a combater o aperto dentário

Dentre os tratamentos paliativos há o uso de aparelhos ortopédicos para proteger a região do atrito. Mas a maneira mais eficaz já testada é a partir do estímulo para o relaxamento da musculatura, realizada pela osteopatia.

A tensão diária é determinante para trazer o aperto dentário, independente de sua discriminação. E a osteopatia estrutural e craniana se torna perfeita para esse tipo de problema, já que sua terapia manual atua nos seus fatores centrais que causam o aperto, como tudo que envolve o sistema musculoesquelético.

Para a filosofia da osteopatia, um problema mal cuidado pode gerar outros – como uma lesão no joelho que pode forçar mais o pé que o normal, assim como toda a coluna vertebral. Dessa forma, ela visa cuidar de toda a região do corpo e proporciona alívio nos sintomas e a resolução do problema causado.

As sessões são realizadas individualmente, cujo fluxo e período dependem da gravidade do problema. Em geral, o paciente já obtém melhora nas primeiras sessões, com uma melhor capacidade de reintegração na vida social pela eficácia do tratamento.

Além do tratamento osteopático, devem ser analisadas as causas emocionais, visto que além de afetar a estrutura oro-facial, craniana e coluna cervical, o hábito de apertar os dentes se dá também de maneira inconsciente, devendo ser analisado cada caso, e estes repassados ao Microfisioterapeuta.
Se não tratados, os problemas podem gerar severas consequências, como hérnias discais cervicais, desgaste da coluna cervical, problemas vasculares cerebrais, tonturas, falta de memória, falta de foco e atenção.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter, e ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.

DR. ANDRÉ FRARE - FISIOTERAPEUTA OSTEOPATA - CREFITO 51551

COMPARTILHE

OUTRAS POSTAGENS